Quando entendemos nosso sistema de crenças, podemos começar a viver uma nova realidade.

Temos de ir além do pensamento negativo e do pensamento positivo. Nossos pensamentos se transformam em crenças, que influenciam nosso estado mental e consequentemente em nossas emoções. Nosso estado emocional, afeta nossa energia. Nossa energia influencia na nossa vibração. Nossa vibração é sentida por outras pessoas, afetando o nosso mundo externo e cocriando a realidade.

Às vezes, confundimos a realidade com nossas crenças. Temos crenças tão fortalecidas que sequer a reconhecemos. Achamos que a realidade é de determinada maneira, e assim ela nos aparenta e se realiza.

Crenças nada mais são do que a percepção da realidade. E como a física quântica vem comprovando, o observador contribui para a criação do experimento, para a criação da realidade. Dependendo da forma que ele percebe uma partícula ela será energia ou será matéria.

E essa descoberta vem sendo aplicada para explicar a percepção das pessoas e suas criações dia a dia. Do mais simples problema às grandes realizações. Por traz deles há sempre uma forma de pensar e acreditar, cocriando a realidade.

Por que será que a fila ao lado sempre anda mais rápido? Por que na primavera você sempre tem rinite alérgica? Por que o “magro de ruim” diz que pode comer de tudo e não engorda? E por que o “gordinho” diz que engorda até com o ar que respira?

Tome consciência do seu modo de pensar. Observe suas emoções durante o dia. Você está vibrando no pior resultado ou está mais voltado para as melhores soluções?

Você quer passar num concurso, mas você acredita que é difícil? Cuidado, a crença, aqui, é a dificuldade, e você estará colaborando para um concurso bem difícil.

Aprenda a diferenciar seus pensamentos e desejos daquilo que você realmente acredita. Se o que você acredita passar a ideia de dificuldade, procure observar outros pontos de vista, e comece a acreditar em algo que traga a ideia de possibilidade. Aliás, no Universo, existem infinitas possibilidades.

Lembre-se: suas crenças e suas emoções influenciam nos seus relacionamentos, na sua saúde, no seu bem-estar, no seu trabalho, na sua vida!

Vincule-se mais à realidade que você quer viver e permita-se criar essa realidade.